O Doutor David Nutt, e sua equipe realizaram um estudo no qual acompanharam dependentes de drogas, incluindo o álcool, a heroína, o crack, a metanfetamina, maconha, ecstasy e LSD. Os pesquisadores levaram em conta o impacto de cada uma dessas drogas sobre o corpo, os custos do sistema de saúde e de serviços sociais e prisões.

A análise mostrou que a heroína, o crack e a metanfetamina são mais prejudiciais para o indivíduo, enquanto que o álcool, a heroína e o crack, são mais perigosos quando se trata do impacto na sociedade como um todo.

Especialistas para fins de investigação, desenvolveram um complexo sistema de pontuação em que o álcool se mostrou mais prejudicial que outras drogas, alcançando 72 pontos em uma escala que vai até 100, seguido pela heroína, com 55 pontos e o crack com 54 pontos. O tabaco tem 26 pontos, 20 da maconha e 5 dos cogumelos alucinógenos.

O resultado da pesquisa, não só no Reino Unido, mas também no resto do mundo, causou muita discussão sobre este tema, por isso, alguns acreditam que a pesquisa do Dr Nutt mostra a necessidade de um melhor controle do consumo de bebidas alcoólicas, enquanto outros apontam que, neste estudo, drogas perigosas não podem ser comparadas com o álcool, que há centenas de anos está presente em muitas civilizações.

Nutt, era chefe do influente Conselho Consultivo britânico sobre o Abuso de Drogas (ACMD), mas foi forçado a sair depois de criticar publicamente ministros britânicos e por causa de suas opiniões controversas sobre drogas e álcool.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *



Contador de Visitas

curiosidades do mundo, noticias Curiosas, fotos curiosas, videos incriveis, sobrenatural, videos engraçados, super interessante, pegadinhas, mistérios