Adeus declarações sinceras de amor e amizade, fala enrolada, tropeços e quedas, euforia… esse é o objetivo de pesquisadores da Escola de Medicina de Yale que acreditam que a substância iomazenil, tomada antes de beber, pode anular alguns dos efeitos do álcool sobre o cérebro.

Ou seja, os efeitos alucinógenos do álcool não vão mais acontecer, porém a pesquisa tem um propósito positivo: ajudar na cura do alcoolismo, fazendo com que a bebida não tenha mais efeito nenhum, assim as pessoas iriam beber menos.

O pesquisador Deepak D’Souza disse: “Um medicamento que tem o potencial de bloquear as ações do álcool no sistema nervoso central pode atuar como uma medicação única no tratamento da intoxicação por álcool e alcoolismo”.

Testes recentes confirmaram o potencial do iomazenil, ratos que receberam a droga não ficaram bêbados, apesar de ser dada bebida suficiente para fazê-los tropeçar e cair. Outros trabalhos com voluntários com idade entre 21 e 35 anos, irão acontecer, eles vão ingerir o medicamento antes de começarem a beber, mais tarde depois de algumas doses, participarão de alguns testes em um simulador de direção, e, se tudo ocorrer como esperam os cientistas os participantes não devem apresentar problemas de coordenação motora.


1 comentário em “Pesquisadores testam remédio que corta os efeitos do álcool no cérebro

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *



Contador de Visitas

curiosidades do mundo, noticias Curiosas, fotos curiosas, videos incriveis, sobrenatural, videos engraçados, super interessante, pegadinhas, mistérios