Uma rara doença genética conhecida como síndrome da morte súbita, tem assustado muito a família de Aaron Sweeney, de 3 anos, que nasceu com o mal. Apenas em um ano, o garoto “morreu” cinco vezes, nas ocasiões o coração do menino parou de bater por cerca de sete minutos.

Foi graças a mãe de Aaron, Jolaine Clark, de 28 anos, que foi treinada para ressuscitar o filho, que o menino conseguiu sobreviver as paradas cardíacas. O menino ainda tem que andar todo o tempo com um desfibrilador, dentro de uma maletinha vermelha.

A síndrome causa uma má formação no coração, mas apesar disso o menino leva uma vida normal, em Glasgow, Escócia, com a mãe e os avós, onde adora correr em volta da casa. O primeiro ataque aconteceu há um ano, desde então Aaron teve cinco falências cardíacas. Três nos últimos três meses.



“Ele é uma criança normal de 3 anos. O médicos disseram que ele não pode ficar correndo por aí, mas eu não consigo segurá-lo”. Diz Jolaine.

A doença só foi diagnosticada pelos especialistas no terceiro ataque, onde os médicos identificaram a síndrome da morte súbita. No primeiro Aaron foi socorrido por paramédicos e levado ao hospital, mas os médicos não encontraram o diagnóstico correto.

A família de Aaron foi treinada com as técnicas para ressuscitar o pequeno. A mãe também não pode mais trabalhar para cuidar do garoto. Jolaine frequenta eventos de caridade com o filho para tentar arrecadar dinheiro e comprar um desfibrilador maior para mante-lo na escola, quando Aaron já tiver idade de estudar.

O menino deve passar por uma cirurgia, para colocar um pequeno desfibrilador permanente sob a pele, o objeto vai detectar e impulsionar os batimentos quando o coração estiver falhando.

“Ele sabe que há algo errado com ele, mas lida com isso muito bem. Ele é muito, muito feliz”. Conta a mãe.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *



Contador de Visitas

curiosidades do mundo, noticias Curiosas, fotos curiosas, videos incriveis, sobrenatural, videos engraçados, super interessante, pegadinhas, mistérios