Neste último final de semana a Europa foi atingida por sua primeira tempestade de outono, que foi nomeada de “São Judas” por causa do santo padroeiro das causas perdidas, que tradicionalmente é celebrado em 28 de outubro.

A partir de então, o Instituto de Meteorologia da Universidade de Berlim (Alemanha) lançou a campanha “Adote uma tempestade” que oferece a qualquer um que pagar € 199 (cerca de R$ 600) a possibilidade de nomear um ciclone ou 299 € para dar um nome a um anticiclone.

os nomes dos ciclones são mais baratos porque eles ocorrem frequentemente, de 150 à 160 por ano, enquanto o número de anticiclones raramente excede 50. Desta forma, o Instituto de Meteorologia poderá ganhar entre 25.000 e 30.000 € por ano.

Mas existem algumas condições para “adotar” uma tempestade e colocar o nome escolhido. Nos anos ímpares, por exemplo, o nome escolhido deve ser do sexo masculino e feminino nos pares. Existe também uma regra de que o nome da primeira tempestade do ano deve começar com a letra “A”, o nome da segunda letra “B”, e assim por diante até a letra “Z”, quando tudo começa novamente ao início do alfabeto.

A possibilidade de todo mundo ter a chance de nomear fenômenos meteorológicos é dada por duas razões: para incentivar o público para eventos da Meteorologia e para levantar fundos necessários para financiar pesquisas.

A maioria dos “patrocinadores” são alemães e austríacos, mas a moda do “batismo” de tempestade ganhou força, por isso não é raro que os japoneses participem em dar nomes.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *



Contador de Visitas

curiosidades do mundo, noticias Curiosas, fotos curiosas, videos incriveis, sobrenatural, videos engraçados, super interessante, pegadinhas, mistérios