Presos de uma casa de detenção no estado de Idaho (EUA), estão processando fabricantes de cerveja e vinho e pedindo indenização altíssima.

Cinco presos inconformados, alegam que as bebidas foram responsáveis por seus atos ilícitos e por suas entradas no mundo dos crimes, além disso, os detentos pedem uma indenização de 1 bilhão de dólares, aproximadamente 2 bilhões de reais.

O presidiário Jeremy Joseph Brown, de 34 anos, condenado por ter ferido a tiros gravemente uma pessoa em 2001 e que cumpre uma sentença de 20 a 30 anos, revelou no processo que “jamais teria começado a beber se soubesse que o álcool o deixaria viciado”. Para Jeremy, se ele não estivesse sobre o efeito do álcool, ele nunca teria praticado o crime.

Condenado por assassinato em 2010, Keith Allan Brown, de 52 anos, outro preso queixoso, disse que as bebidas alcoólicas desempenharam um papel fundamental no crime que o conduziu à cadeia.




Contador de Visitas

curiosidades do mundo, noticias Curiosas, fotos curiosas, videos incriveis, sobrenatural, videos engraçados, super interessante, pegadinhas, mistérios