Cão herói salta na frente de bala destinada a seu dono

Postado por Rudney em 27 de agosto de 2013



Um cão policial herói, ganhou postumamente o prêmio de bravura depois que ele salvou a vida de seu treinador saltando no caminho de uma bala.

O pastor alemão Gage, foi morto durante uma busca de drogas com seu treinador Senior Constable Bruce Lamb, em 13 de julho de 2010. A dupla foi chamada para ajudar colegas em uma casa em Christchurch, na Nova Zelândia e solicitados para prender o suspeito Christopher Smith, de 34 anos, que estava escondido em um quarto.

Mas, quando Lamb entrou na sala com o cachorro de cinco anos de idade, ele foi baleado no rosto por um rifle, que quebrou sua mandíbula e o jogou no chão.

Caído, o policial olhou para cima e viu a arma sendo apontada diretamente para ele, mas notavelmente seu fiel companheiro Gage saltou sobre seu corpo e levou o segundo tiro.

Apesar de seus ferimentos graves, Lamb conseguiu escapar da sala com Gage, enquanto o atirador Smith continuou a disparar contra outros oficiais. Uma vez fora da sala, o policial percebeu que a bala que atingiu seu fiel cão levou-o a morte.

Lamb foi levado às pressas para o hospital para tratamento médico de emergência e Smith foi preso pouco depois, sendo condenado a 14 anos de prisão, por crimes como tentativa de homicídio e por matar um cão policial.

Depois do feito de extrema bravura, o heroico Gage foi homenageado pela PDSA a principal instituição de caridade veterinária do Reino Unido, em uma cerimônia comovente.

A medalha de ouro da PDSA só é dada aos animais que são fundamentais para salvar a vida humana ou animal, quando a sua própria vida está em perigo ou através de notável dedicação ao trabalho.

“Gage era um cão forte e único, que esteve ao meu lado constantemente desde que ingressou na polícia”, lamenta seu treinador. “A homenagem não é apenas para reconhecer o sacrifício de Gage, também é para honrar sua vida e coragem. Eu vou sempre estar em dívida para com ele”, acrescentou.

O Director-Geral da PDSA, Jan McLoughlin, disse: “Apesar de, finalmente, ter custando sua vida, Gage continuou a cumprir seu dever e protegeu seu treinador, um ato de bravura que simboliza a ligação original entre o homem e o cão, que nunca deve ser subestimada. Ele é um receptor extremamente digno desta medalha”.

Recordando o dia fatídico, Senior Constable Lamb descreveu o momento em que percebeu que Gage tinha salvado sua vida.
Ele disse: “Eu comecei a gritar “polícia”, e cuidadosamente abri a porta do quarto. Gage, como sempre, estava do meu lado, alerta e pronto para a ação.

“A sala estava às escuras, mas quando entrei pude ver a sombra de uma pessoa em frente de mim. De repente, eu vi um clarão e uma bala me atingiu no rosto. Eu estava prestes a ser baleado de novo, e provavelmente morto, quando Gage, de repente entrou em ação.

“Eu senti-lo saltar e lançar-se sobre mim. Quando senti suas patas empurrando nas minhas costas, um segundo tiro foi disparado. Olhei para baixo e encontrei Gage deitado imóvel”.

“Naquele momento eu percebi que a bala disparada, que destinava-se a mim, tinha atingido e matado meu companheiro fiel”.

O osso da mandíbula do Senior Constable Bruce Lamb foi quebrado em 15 pedaços pela primeira bala que o atingiu. O policial corajoso já voltou para a frente da linha de policiamento com seu novo cão policial, um labrador preto chamado Mylo.

O nome de Gage agora se junta a uma lista de 22 outros heróis animais que tenham sido previamente condecorado com a medalha de ouro PDSA.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *



Contador de Visitas

curiosidades do mundo, noticias Curiosas, fotos curiosas, videos incriveis, sobrenatural, videos engraçados, super interessante, pegadinhas, mistérios